quarta-feira, 3 de outubro de 2012

5ª COPA FÊNIX - VALÊNCIA NA LIDERANÇA !!

A fria noite da última quinta-feira dia 27/09, foi aquecida por mais duas rodadas da Copa Fênix.
Muita animação, grandes jogos, viradas emocionantes e a liderança isolada para o time espanhol do técnico Paroski.
Abaixo um resumo do que aconteceu em cada uma das dez partidas realizadas:

3ª RODADA

O primeiro jogo da noite já foi o melhor e mais emocionante das duas rodadas disputadas. O atual campeão, Sunnydale do técnico Rony, que foi muito mau nas duas rodadas iniciais foi ao Engenhão enfrentar a equipe do Flamengo do técnico Leandro Dias.
A massa rubro negra fez a sua parte e lotou o estadio, fazendo uma linda festa e empurrando o Mengão pra cima do Sunnydale.
O primeiro tempo foi fraco, mas para alegria da torcida o time carioca foi para o vestiário à frente do placar.
Já o segundo tempo foi um grande espetáculo, muita emoção e o jogo decidido no último lance.
O Flamengo esteve sempre a frente do marcador, mas o Sunnydale não o deixava  distanciar.
O jogo estava empatado quando sobrou uma bola para o Imperador Adriano que acertou o canto e o Engenhão explodiu em vermelho e preto. Era o gol da vitória por 6 x 5.

Com a torcida ao fundo, Flamengo vence o Sunnydale

Outro time carioca jogou em casa nesta rodada. O Vasco de Paroski recebeu o até então lanterna da competição Manchester City de Maicon.
O caldeirão de São Januário ferveu e a torcida viu Trem Bala da Colina empatar a partida antes do intervalo. O City oferecia uma resistência maior do que a esperada e o Vasco já dava mostra de nervosismo com Diego Souza não conseguindo repetir o futebol das duas primeiras rodadas.
Na volta do intervalo, jogando nos contra ataques, o City dominou a partida e consagrou seu lateral Micah Richards que marcou três gols e foi o grande nome da vitória do time inglês por 5 x 3.
Com o resultado o City deixa a lanterna para o Sunnydale de Rony.

Ataque do City levou vantagem sobre a defesa do Vasco

O San Siro de Milão foi o palco da terceira partida da noite, um grande clássico europeu: Milan x Borussia Dortmund.
O time russonero contava com seu craque e artilheiro da última edição Robinho, para tentar vencer e sair da parte de baixo da tabela.
Mas não contava com uma forte retranca do Borussia do técnico Alexandre.
Em dois contra-ataques rápidos o time alemão foi as redes com seu capitão Hummels e foi para o intervalo em vantagem.
O segundo tempo começou e o panorama não se alterou.
O Borussia marcou mais um gol  e começou a tocar a bola.
O Milan ainda tentou uma reação e encostou no marcador, mas Kagawa fez o gol que selou a vitória do Borussia Dortmund por 4 x 2.

Borussia encontra espaços na defesa do Milan

Para falar do próximo jogo entre Olimpia e Arsenal,  precisamos voltar no tempo, lá pelos anos 60/70 quando em dias de jogo pela Libertadores, o estadio e até a cidade viravam terra sem lei, pois não havia tantas câmeras como hoje em dia.
O sofrimento do Arsenal Londrinense do técnico Rony começou cedo, quando torcedores do time paraguaio acamparam em frente ao hotel onde estavam hospedados e não deixaram ninguém dormir, com uma ensurdecedora queima de fogos.
Além disso, a direção do Olimpia não permitiu que o time londrinense fizesse o reconhecimento do gramado do estadio Defensores Del Chaco, e o clima seguia tenso.
Com a bola rolando, o Olimpia abriu vantagem de dois gols no primeiro tempo, para festa da torcida.
Na volta do intervalo e vencendo a partida por dois gols, o time paraguaio não quis mais jogo e fez muita cera. O arbitro, caseiro, nada fez e a partida seguiu assim até o final.
O Arsenal ainda chegou a descontar, mas parou por aí. No final, vitória por 2 x 1 e o time paraguaio continua na briga pela liderança.
Ao Arsenal sobrou reclamações sobre o clima hostil que encontrou no país vizinho.

O Arsenal de Rony sentiu a pressão no Paraguai

A útlima partida da rodada valia a liderança isolada da competição.
No estadio Mestalla, o Valência de Paroski recebeu o Nacional de Alexandre.
O time visitante começou melhor e abriu o marcador no começo do jogo num chute de Castro.
O time espanho empatou antes do término do primeiro tempo.
O jogo nem parecia valer a liderança, pois era fraco tecnicamente e sem grandes emoções. Quando parecia que ia terminar empatdo, o técnico Parsoki mandou o time a frente e em dois ataques fulminantes o Valência decidiu a partida que terminou 3 x 1.
Com o resultado, o time espanhol chega a liderança isolada com 100% de aproveitamento.

Valência vence em casa e chega a liderança
4ª RODADA

Animado pela vitória em pleno São Januário sobre o Vasco, o Manchester City de Maicon pegou pela frente outro time carioca, desta vez o Flamengo.
Antes da viagem para a Inglaterra, outra polêmica envolvendo o atacante Adriano do Flamengo.
O Imperador foi visto num baile Funk na Vila Cruzeiro, região onde ele é rei.
O jogo começou equilibrado e foi assim até a metade do segundo tempo quando um fato inusitado ocorreu.
Depois de defender um chute de Carlitos Tevez, o goleiro Raul do Flamengo deu um chutão para frente e a bola foi morrer no fundo das redes de Negão Doido, goleiro do City.
Depois disso o Manchester desanimou e viu o Flamengo fechar a partida em 7 x 3 e chegar a sua segunda vitória no campeonato e encostar nos líderes.
Com mais uma vitória a direção rubro-regra já pensa em mudar a concentração do time para a Vila Cruzeiro.

Mesmo jogando em casa o City não resistiu ao Flamengo

Um irreconhecível Sunnydale de Rony, recebeu o Milan de Maicon para tentar sua primeira vitória nesta edição da Copa Fênix.
Mas o calvário do atual campeão continuou.
Jogando de forma segura e explorando o nervosismo do adversário, o time de Milão soube controlar o jogo de início ao fim e venceu a partida por 4 x 1. Apesar da vitória uma preocupação: é a terceira partida seguida que Robinho passa em branco. Não é nem sombra do atacante decisivo da edição anterior, quando foi artilheiro máximo.

Irreconhecível, o atual campeão perde mais uma

Líder isolado e com 100% de aproveitamento, o Valência de Paroski foi a Dortmund enfrentar o Borussia de Alexandre e o Paredão Amarelo do Signal Iduna Park.
A curiosidade da partida ficou por conta da presença no estadio da deleção do Cruz Azul do México que excursiona pela Europa.
Com a bola rolando, o Borussia finalmente mostrou o futebol que o levou a conquistar o Bi campeonato alemão e dominou amplamente o adversário.
Destaque para o camisa 23 Kagawa, chamado de Messi japonês, que anotou quatro dos sete gols de sua equipe na incontestável vitória por 7 x 3.
Assim como o Flamengo, o Borussia segue invicto na competição e esquenta a briga pela liderança do campeonato.

O Borussia vence o líder Valencia

Um clássico sulameircano marcou esta 4ª rodada.
O Nacional de Alexandre recebeu o Olimpia de Leandro Dias no estadio Centenário de Montevidéu.
Preocupado com o que iria encontrar no Uruguai, a equipe guarani viajou apenas no dia da partida e foi direto para o estadio.
Chegando lá, viu que a preocupação foi em vão.
Apesar de lotado, o clima no estadio era de tranquilidade.
E tanta tranquilidade fez com o Olimpia pudesse desenvolver um bom futebol para abrir três gols de diferença ainda antes do final do primeiro tempo.
No intervalo, o técnico Alexandre do Nacional, mudou o posicionamento da equipe e o resultado foi imediato.
O time uruguaio passou a exercer grande pressão no adversário e foi buscar o empate em 4 x 4. No final da partida, o Nacional ainda teve a chance de vencer a partida, mas o goleiro Tavarelli fez uma linda defesa e salvou o time de uma derrota.

O Nacional quase consegue uma virada histórica

A última partida da noite e da rodada foi entre o Arsenal Londrinense de Rony e o Vasco de Paroski.
O Estadio do Café, que já foi palco de grandes conquistas do Londrina Esporte Clube, agora serve de local para os jogos do Arsenal.
Ainda com as marcas da hostilidade encontrada no jogo contra o Olimpia, o Arsenal começou o jogo assustado e levou o primeiro gol da partida do atacante Paroski, camisa 50 do Vasco.
Mas a partir daí o Arsenal dominou as ações e com uma atuação impecável do camisa 7 Rony, aplicou uma goleado no time carioca, 7 x3.
Rony que perdeu a liderança na artilharia da competição para o Imperador Adriano do Flamengo.

O Arsenal do camisa 7 Rony está vivo
 
Mas estamos só na metade da competição e muita coisa ainda vai rolar tanto na busca pelo título como na luta pela artilharia.
Para acessar a tabela completa e atualizada, bem como a tabela de artilheiros, clique aqui.

6 comentários:

Emerson Gonçalves disse...

Putz,,,show de matéria, cada vez que venho aqui ler fico com uma uma "inveja branca" de vocês da equipe Fênix, parabéns a todos e muito legal acompanahar a Copa Fênix com esses relatos. Show,

Leandro Dias disse...

alexandre, muito bom mesmo os relatos. Foi bem isso que aconteceu mesmo... só faltou os salgadinhos..rsrsrsrs

Alexandre disse...

Mais uma noite histórica de Copa Fênix.
Muita alegria e emoção.
Que possamos repetir mais e mais noites como esta.
E caros, em breve vou postar um video sensacional desta noite de disputa.

É IMPERDÍVEL !!! NÃO PERCAM !!!

Aguardem !!!

Sobre o salgadinho é vdd Leandro..
É que os jogos foram tão emocionantes que acabei esquecendo dos comes e bebes.. rsrs

Emerson, que bom que gostou. Continue acompanhando nosso blog e divulgue para o pessoal aí de Maringá, vlw !!!

Abração

PAROSKI disse...

Matéria como sempre divertida, transmitindo tudo o que aconteceu na noite....

Para meus times não foi nada bom...mas iremos nos recuperar..

ainda nao sei como o valencia é lider...

rsrsrs...

abs

Paroski

Villanova disse...

Olá sou o Rodrigo e gostaria de saber em que cidade vocês estão jogando.

Me mudei para o paraná no final de outubro e estou sem lugar para jogar.

meu e-mail é villapuc@gmail.com

Anônimo disse...

CARO AMIGO VILLANOVA.

INFELIZMENTE SÓ HOJE VI SEU RECADO , PEÇO DESCULPAS POR NINGUEM TE RESPONDER ANTES!!!

ESTAMOS JOGANDO EM LONDRINA NA RUA SÃO CAETANO DO SUL Nº182 E NO COLÉGIO NILO PEÇANHA..

SE VC QUISER APARECER SERA MUITO BEM VINDO!

ABRAÇOS.


MAICON GOUVEA